Clássico ou Moderno? Eis a questão!

Boas pessoal!!

Parece que o frio veio realmente para ficar! E ainda bem, pois a minha simpatia por roupas de verão não é muita. Sempre achei que as pessoas ficavam muito mais elegantes e bonitas com roupas de estações mais frias e com tons de pele mais claros.

E com o frio combinam também roupas com cores frias, como é o exemplo do outfit que vos mostro hoje. O azul é, e sempre foi, a minha cor favorita. Apesar de ultimamente gostar de variar as cores que visto, há alguns anos praticamente apenas esta cor que tanto combina comigo. Na verdade, reflete muito da minha personalidade, ou seja, calma e intensa ao mesmo tempo.

Por isso, a base do outfit consistiu no azul, tanto as calças como a camisa. Para completar, e porque dá imenso jeito nestes dias de frio, usei um casaco comprido, peça que voltou para a moda há pouco tempo mas que eu espero que perdure pois sou completamente fã deste tipo de casacos.

Por último, e para dar um toque especial, adicionei um chapéu ao look cinza, para estabelecer uma ligação com o casaco.

Assim, o outfit, apesar de clássico, ficou arrojado e moderno, completamente adequado aos nossos dias e às tendências de moda masculina atual. Aproveitei para tirar umas fotos num cenário urbano, para evidenciar este contraste entre o estilo clássico e moderno, conseguidos num só. Espero que gostem do resultado:

Ed3Ed1Ed5Ed9Ed2Ed4Ed7Ed8

E vocês, o que acharam deste outfit? Comentem aí em baixo!

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes!

Outfit de Outono

Boas pessoal!!

Finalmente senti que chegou realmente o Outono. Após uma semana de imenso calor em Lisboa, fomos brindados com frio e chuva. Já tinha saudades de andar pela capital com o “cheiro a Outono” e das folhas caídas das árvores.

Por isso, e para me sentir completamente nesta estação, escolhi para hoje um outfit que já tinha em mente há algum tempo mas que não tinha tido oportunidade de o usar devido às elevadas temperaturas que se faziam sentir.

Confesso que estava ansioso para estrear este casaco, até porque fiquei encantado com ele assim que o vi. Por isso, assim que achei que seria a ocasião especial para o usar, não hesitei e tirei-o do guarda-fato.

Para complementar o visual, e porque o casaco não é propriamente uma peça sóbria, escolhi roupas mais neutras: umas calças cremes e uma camisa branca, pois uma camisa branca fica sempre bem com tudo e torna o visual sempre elegante. Optei também por uns sapatos semiformais castanhos que gosto bastante, que poderão ver nas fotos abaixo.

Aproveitei um pequeno furo e passei por um espaço que também gosto muito em Lisboa, a fundação Calouste Gulbenkian. Este bocado de natureza no meio da cidade pareceu-me o ideal para tirar algumas fotos, e o resultado foi este:

Ed3Ed5Ed6Ed2Ed4Ed7

E vocês, o que acharam deste outfit? Comentem aí em baixo!

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes!

Curso de Apresentadores de TV

Boas pessoal!!

As pessoas que me acompanham por aqui já leram (aqui, por exemplo) que o meu maior objetivo é ser apresentador de TV. Como já disse, seria a única profissão que me deixaria completamente realizado profissionalmente.

Fazer formação especial na área da apresentação era algo que já estava na minha mente há imenso tempo. Isto porque, com uma licenciatura muito teórica, sentia falta de algo mais prático e de ser posto à prova mais vezes para conhecer a minha capacidade de reagir em situações de stress, e apurar também os meus pontos fracos e transformá-los em pontos fortes.

Por isso, quando surgiu a oportunidade de aprender com a Teresa Guilherme e com o Nuno Eiró, nem pensei duas vezes e tentei aproveitar a oportunidade ao máximo para aprender tudo o que pude acerca de câmaras, do público, de como agir em frente a uma câmara e o que evitar fazer.

Durante este mês de curso aprendi muito sobre televisão. Por isso, se me perguntassem se teria valido a pena, eu diria que sim. Sem qualquer dúvida. Apesar de ainda não estar lá, sinto-me muito mais preparado do que estava antes.

“Comunicar é fazer-se ouvir!” Foi das primeiras coisas que a Teresa nos disse. E apesar de já ter ouvido várias vezes coisas deste género, acho que nenhuma vez tinha feito tanto sentido como esta. E é isso que todos os apresentadores pretendem: “fazer-se ouvir”. E é isso que eu pretendo também enquanto aspirante a apresentador!

Ed5Ed3Ed4Ed1

Ed6
Ps: Tenham atenção a esta dupla, há novidades em breve! Vejam o perfil da Izabel de Paula!

E vocês, o que acharam deste post? Comentem aí em baixo!

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes! 🙂

ModaLisboa

Boas pessoal!

Finalmente aconteceu o fim de semana mais esperado da estação, tanto para mim, como para as pessoas que gostam imenso de moda em Portugal: a ModaLisboa!

O que mais gosto neste evento, além dos desfiles dos grandes estilistas, é o street style. Na verdade, a magia e a beleza da Lisbon Fashion Week está no modo como as pessoas se vestem para marcar pela diferença. Há até quem afirme que o truque é conjugar todas as peças mais extravagantes que tenham no vestuário. Contudo, no meu ponto de vista, grande parte das pessoas que são convidadas aproveitam a ocasião para libertar-se da forma de vestir regular com que andam no dia a dia e para experimentar novas conjugações e viver num mundo diferente do seu, nem que seja por alguns momentos.

Infelizmente, por ter estado ocupado, não consegui comparecer nos três dias, mas não podia deixar de lá estar. Muito menos faltar ao desfile do estilista Luís Carvalho, que foi o que mais gostei no ano passado, no encerramento da ModaLisboa. E valeu a pena, sem dúvida alguma. Cada segundo do desfile foi emocionante, os manequins foram muito bem escolhidos e a coleção, em tons sóbrios, surpreendeu-me bastante.

O outfit que tinha pensado para este desfile era um pouco diferente do que acabei por vestir. Tinha-me inspirado no conto infantil “O Principezinho” de Antoine Saint-Exupéry. Contudo, devido ao calor que se fazia sentir em Lisboa, tive de substituir o blazer desportivo azul que tinha em mente, por um chapéu castanho, fazendo com que o outfit ficasse um pouco mais arrojado do que ficaria sem nenhuma destas peças.

Por isso, e apesar de ter ficado um pouco diferente do que esperava, gostei bastante do resultado. É verdade que não fugi muito ao estilo que uso no dia a dia, mas considero que esteve de acordo com este de evento.

Ed2Ed3Ed5Ed7

Ed1Ed6

E vocês, o que acharam deste outfit? Comentem aí em baixo!

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes!

Oceanário

Olá pessoal!!

Para quem me tem acompanhado, sabe que a minha ligação com o mar é bastante forte. Por isso, e apesar de não existir mar em Lisboa, existe um espaço magnífico que não podemos encontrar na Madeira: o Oceanário.

Apesar de já lá ter ido várias vezes, nunca recuso uma visita a este espaço maravilhoso, e aproveito também para passear no Oriente, que é uma das minhas zonas preferidas da Capital.

Que outras oportunidades teria eu de ver tanta variedade de animais marinhos tão perto se não fosse o Oceanário? Principalmente porque muitas das espécies de animais que lá vemos nem existem em estado selvagem em Portugal, tais como um dos meus animais preferidos, os Pinguins. Além disso, é muito interessante ver a forma como tentaram recriar um ambiente o mais próximo possível do habitat natural de cada um destes animais. Por isso, aconselho vivamente a visita a este maravilhoso espaço que, apesar de ficar um pouco deslocado do centro da cidade, vale mesmo muito a pena.

Deixo-vos aqui algumas fotos do oceanário e da zona do Oriente, espero que gostem!

Ed4Ed8Ed6Ed3Ed5Ed10Ed11Ed9Ed1Ed2

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes!

Passeando por Belém

Olá pessoal!

Hoje vou falar-vos sobre um cantinho de Lisboa em que adoro passear, e que é ponto obrigatório para todas as pessoas que visitam a capital: Belém.

Belém é uma excelente opção para passar uma ótima tarde. Para passear à beira rio, visitar monumentos como a Torre de Belém, o Padrão dos descobrimentos (monumento que vangloria os nossos valentes marinheiros que de Belém partiam para a conquista do mundo não civilizado), o Mosteiro dos Jerónimos, o Palácio da Ajuda (arrisco dizer o mais bonito de todos os que já visitei) e o Palácio de Belém, que não é aberto ao público mas em ocasiões especiais é possível fazer uma visita.

Além destes monumentos, Belém é também uma zona muito rica em museus, como o museu do combatente, o museu dos Coches ou a Fundação Berardo.

Por isso, a variedade é imensa e, apesar de já lá ter ido várias vezes, nunca recuso uma ida a Belém.

Se não gostam de visitar museus ou monumentos, podem aproveitar para fazer algum exercício físico ou para fazer um piquenique nos amplos jardins de Belém.

Não se podem esquecer também de provar os famosos Pastéis de Belém (confesso que não sou o maior fã, mas aconselho a provarem e tirarem as vossas próprias conclusões).

Ed1Ed5Ed4Ed7Ed6Ed2IMG_8836

IMG_8850

E vocês, já visitaram Belém? Que mais sítios aconselham a visitar? Comentem aí!

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes!

Look Primaveril

Estas fotos foram num dos últimos dias do semestre, em que já se sentia por Lisboa algum calor, mas não o suficiente para utilizar as roupas de verão.

Nesta altura já me sentia mais leve, pois já tinha acabado tudo o que tinha de fazer na maior parte das cadeiras e, por isso, aproveitei para passear um pouco pelos jardins da Gulbenkian, um espaço verde com diversos tipos de animais e com uma flora diversificada, tendo um grande lago, riachos, terraços ajardinados, o que nos dá a sensação de estarmos fora de Lisboa pelo silêncio que se faz “ouvir” e pelos vários animais a passear livremente pelo jardim.

O outfit que utilizei neste dia não foi nada elaborado, mas gostei do resultado final pois, apesar de ter utilizado cores claras, coloquei aos ombros um pullover castanho que, além de combinar com os sapatos e com a mochila, trouxe algum requinte ao outfit. Além disso, como não me estava a apetecer muito utilizar as lentes azuis, encaixou perfeitamente com a minha cor de olhos original (castanho).

Aproveito também para agradecer à excelente companhia neste passeio das minhas afilhadas Carolina Garcia e Cláudia Nadine!

Aqui estão as fotos deste outfit:

Ed 1Ed 2Ed 7Ed 8Ed 3Ed 9

E vocês, o que acharam? Comentem aí em baixo!

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes 🙂

Feira do Livro Lisboa

Sempre gostei muito de livros. Lembro-me perfeitamente de ter à volta de quatro anos e de, sempre que ia passear com a minha mãe ao Funchal, passar numa livraria que infelizmente já não existe mas que era um dos meus locais favoritos.

“Só podes escolher um, filho!”, dizia-me a minha mãe de cada vez que por lá passávamos. E lá ficava eu, imenso tempo a ver detalhadamente as prateleiras para criança à procura da escolha certa, nessa altura uma das mais difíceis que tinha de tomar. Realmente, com tanta variedade de livros, era preciso ponderar muito…

Os anos foram passando, e dezasseis anos depois muitas coisas mudaram, mas se há algo que sempre permaneceu foi o meu gosto por livros, sendo a leitura um dos meus passatempos favoritos. E é incrível a forma como um livro nos consegue transportar para tão longe, fazer imaginarmos pessoas que nunca vimos, sentir cheiros que não estão ao nosso alcance no momento, e imaginar vozes que nunca ouvimos.

E é por isso que eu recomendo que leiam e, apesar de gostar muito de alguns géneros de livros, sei que todas as pessoas são diferentes e gostam de géneros diferentes. Se já leste vários livros e continuas a não gostar de ler, é porque ainda não encontraste o estilo de livros mais indicado para ti!

E é pelo meu gosto por livros que não poderia ter deixado de ir à Feira do Livro que se realizou no Parque Eduardo VII, em Lisboa, com o meu grupo de amigos que, apesar de cada um de nós ter um gosto diferente, todos partilhamos o mesmo gosto pela leitura. Passámos praticamente toda a tarde a ver detalhadamente todas as tendas e a escolher meticulosamente os livros que queríamos levar. Esperámos pela “Happy Hour”, hora em que grande parte dos livros fica com 50% de desconto, para comprarmos os livros que já tínhamos escolhido.

Deixo-vos aqui algumas fotos tiradas pela Catarina Pinho (Batom e Botas da Tropa) desse dia espetacular passado na melhor companhia:

Ed 5Ed 3Ed 4Ed 6Ed 2

E tu, também partilhas o mesmo gosto pela leitura? Comenta em baixo o teu género favorito de livros!

Visitem também o blog dos meus grandes amigos Kateryna Chelnokova (By My Own Way) e Miguel Gomes (Escrita e Paixão) que me acompanharam neste dia! 🙂

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes!