Oceanário

Olá pessoal!!

Para quem me tem acompanhado, sabe que a minha ligação com o mar é bastante forte. Por isso, e apesar de não existir mar em Lisboa, existe um espaço magnífico que não podemos encontrar na Madeira: o Oceanário.

Apesar de já lá ter ido várias vezes, nunca recuso uma visita a este espaço maravilhoso, e aproveito também para passear no Oriente, que é uma das minhas zonas preferidas da Capital.

Que outras oportunidades teria eu de ver tanta variedade de animais marinhos tão perto se não fosse o Oceanário? Principalmente porque muitas das espécies de animais que lá vemos nem existem em estado selvagem em Portugal, tais como um dos meus animais preferidos, os Pinguins. Além disso, é muito interessante ver a forma como tentaram recriar um ambiente o mais próximo possível do habitat natural de cada um destes animais. Por isso, aconselho vivamente a visita a este maravilhoso espaço que, apesar de ficar um pouco deslocado do centro da cidade, vale mesmo muito a pena.

Deixo-vos aqui algumas fotos do oceanário e da zona do Oriente, espero que gostem!

Ed4Ed8Ed6Ed3Ed5Ed10Ed11Ed9Ed1Ed2

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes!

Passeando por Belém

Olá pessoal!

Hoje vou falar-vos sobre um cantinho de Lisboa em que adoro passear, e que é ponto obrigatório para todas as pessoas que visitam a capital: Belém.

Belém é uma excelente opção para passar uma ótima tarde. Para passear à beira rio, visitar monumentos como a Torre de Belém, o Padrão dos descobrimentos (monumento que vangloria os nossos valentes marinheiros que de Belém partiam para a conquista do mundo não civilizado), o Mosteiro dos Jerónimos, o Palácio da Ajuda (arrisco dizer o mais bonito de todos os que já visitei) e o Palácio de Belém, que não é aberto ao público mas em ocasiões especiais é possível fazer uma visita.

Além destes monumentos, Belém é também uma zona muito rica em museus, como o museu do combatente, o museu dos Coches ou a Fundação Berardo.

Por isso, a variedade é imensa e, apesar de já lá ter ido várias vezes, nunca recuso uma ida a Belém.

Se não gostam de visitar museus ou monumentos, podem aproveitar para fazer algum exercício físico ou para fazer um piquenique nos amplos jardins de Belém.

Não se podem esquecer também de provar os famosos Pastéis de Belém (confesso que não sou o maior fã, mas aconselho a provarem e tirarem as vossas próprias conclusões).

Ed1Ed5Ed4Ed7Ed6Ed2IMG_8836

IMG_8850

E vocês, já visitaram Belém? Que mais sítios aconselham a visitar? Comentem aí!

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes!

Look Primaveril

Estas fotos foram num dos últimos dias do semestre, em que já se sentia por Lisboa algum calor, mas não o suficiente para utilizar as roupas de verão.

Nesta altura já me sentia mais leve, pois já tinha acabado tudo o que tinha de fazer na maior parte das cadeiras e, por isso, aproveitei para passear um pouco pelos jardins da Gulbenkian, um espaço verde com diversos tipos de animais e com uma flora diversificada, tendo um grande lago, riachos, terraços ajardinados, o que nos dá a sensação de estarmos fora de Lisboa pelo silêncio que se faz “ouvir” e pelos vários animais a passear livremente pelo jardim.

O outfit que utilizei neste dia não foi nada elaborado, mas gostei do resultado final pois, apesar de ter utilizado cores claras, coloquei aos ombros um pullover castanho que, além de combinar com os sapatos e com a mochila, trouxe algum requinte ao outfit. Além disso, como não me estava a apetecer muito utilizar as lentes azuis, encaixou perfeitamente com a minha cor de olhos original (castanho).

Aproveito também para agradecer à excelente companhia neste passeio das minhas afilhadas Carolina Garcia e Cláudia Nadine!

Aqui estão as fotos deste outfit:

Ed 1Ed 2Ed 7Ed 8Ed 3Ed 9

E vocês, o que acharam? Comentem aí em baixo!

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes 🙂

Feira do Livro Lisboa

Sempre gostei muito de livros. Lembro-me perfeitamente de ter à volta de quatro anos e de, sempre que ia passear com a minha mãe ao Funchal, passar numa livraria que infelizmente já não existe mas que era um dos meus locais favoritos.

“Só podes escolher um, filho!”, dizia-me a minha mãe de cada vez que por lá passávamos. E lá ficava eu, imenso tempo a ver detalhadamente as prateleiras para criança à procura da escolha certa, nessa altura uma das mais difíceis que tinha de tomar. Realmente, com tanta variedade de livros, era preciso ponderar muito…

Os anos foram passando, e dezasseis anos depois muitas coisas mudaram, mas se há algo que sempre permaneceu foi o meu gosto por livros, sendo a leitura um dos meus passatempos favoritos. E é incrível a forma como um livro nos consegue transportar para tão longe, fazer imaginarmos pessoas que nunca vimos, sentir cheiros que não estão ao nosso alcance no momento, e imaginar vozes que nunca ouvimos.

E é por isso que eu recomendo que leiam e, apesar de gostar muito de alguns géneros de livros, sei que todas as pessoas são diferentes e gostam de géneros diferentes. Se já leste vários livros e continuas a não gostar de ler, é porque ainda não encontraste o estilo de livros mais indicado para ti!

E é pelo meu gosto por livros que não poderia ter deixado de ir à Feira do Livro que se realizou no Parque Eduardo VII, em Lisboa, com o meu grupo de amigos que, apesar de cada um de nós ter um gosto diferente, todos partilhamos o mesmo gosto pela leitura. Passámos praticamente toda a tarde a ver detalhadamente todas as tendas e a escolher meticulosamente os livros que queríamos levar. Esperámos pela “Happy Hour”, hora em que grande parte dos livros fica com 50% de desconto, para comprarmos os livros que já tínhamos escolhido.

Deixo-vos aqui algumas fotos tiradas pela Catarina Pinho (Batom e Botas da Tropa) desse dia espetacular passado na melhor companhia:

Ed 5Ed 3Ed 4Ed 6Ed 2

E tu, também partilhas o mesmo gosto pela leitura? Comenta em baixo o teu género favorito de livros!

Visitem também o blog dos meus grandes amigos Kateryna Chelnokova (By My Own Way) e Miguel Gomes (Escrita e Paixão) que me acompanharam neste dia! 🙂

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes!