Apresentar o Carnaval na Terra-Natal

Boas pessoal!!

Apresentar um evento é sempre muito divertido, principalmente se estiver rodeado de pessoas alegres e divertidas, como acontece no Carnaval.

Quando recebi a proposta para apresentar o carnaval no Caniçal juntamente com o baterista, e meu tio, Miguel Moreira, nem ponderei duas vezes e aceitei prontamente. As pessoas do Caniçal são, por natureza, muito alegres, bem-dispostas e descontraídas e, achei que seria ótimo apresentar pela primeira vez um evento na minha Terra-Natal.

Contudo, ao chegar ao local indicado houve uma pequena mudança de planos que me agradou imenso e que considerei ser um grande desafio mas que me ia dar mais experiência e à vontade. Propuseram-me, em vez de estar apenas em palco, ficar no meio dos grupos a entrevistá-los e a recolher depoimentos sobre a experiência que estavam a viver. Apesar de ser um grande desafio, pois exige muito mais de improviso, diverti-me imenso. Todas as pessoas que tive a oportunidade de entrevistar foram impecáveis e iam respondendo a tudo com grande sinceridade e alegria, fazendo com que as duas horas de evento passassem mesmo a correr.

O carinho das pessoas que me iam encontrando, pedindo para tirar fotografia comigo e dando palavras de incentivo para que continuasse sempre a lutar pelos meus objetivos encheram-me completamente o coração. Por isso, sempre que for convidado para apresentar eventos para este público maravilhoso, desde que esteja na ilha, aceitarei prontamente!

Tenho a agradecer à Junta de Freguesia do Caniçal, à Câmara Municipal de Machico por tornarem o evento espetacular e, especialmente, à Presidente da Casa do Povo do Caniçal, a senhora Rosa Silva, por toda a simpatia e pela bonita dedicatória quando fui chamado ao palco no final do evento!

Muito obrigado CANIÇAL ❤

Ed11Ed2Ed8Ed10Ed5Ed7Ed9Ed3Ed1Ed4

Tudo a crer bem por esse lado, e sejam felizes!

Curso de Apresentadores de TV

Boas pessoal!!

As pessoas que me acompanham por aqui já leram (aqui, por exemplo) que o meu maior objetivo é ser apresentador de TV. Como já disse, seria a única profissão que me deixaria completamente realizado profissionalmente.

Fazer formação especial na área da apresentação era algo que já estava na minha mente há imenso tempo. Isto porque, com uma licenciatura muito teórica, sentia falta de algo mais prático e de ser posto à prova mais vezes para conhecer a minha capacidade de reagir em situações de stress, e apurar também os meus pontos fracos e transformá-los em pontos fortes.

Por isso, quando surgiu a oportunidade de aprender com a Teresa Guilherme e com o Nuno Eiró, nem pensei duas vezes e tentei aproveitar a oportunidade ao máximo para aprender tudo o que pude acerca de câmaras, do público, de como agir em frente a uma câmara e o que evitar fazer.

Durante este mês de curso aprendi muito sobre televisão. Por isso, se me perguntassem se teria valido a pena, eu diria que sim. Sem qualquer dúvida. Apesar de ainda não estar lá, sinto-me muito mais preparado do que estava antes.

“Comunicar é fazer-se ouvir!” Foi das primeiras coisas que a Teresa nos disse. E apesar de já ter ouvido várias vezes coisas deste género, acho que nenhuma vez tinha feito tanto sentido como esta. E é isso que todos os apresentadores pretendem: “fazer-se ouvir”. E é isso que eu pretendo também enquanto aspirante a apresentador!

Ed5Ed3Ed4Ed1

Ed6
Ps: Tenham atenção a esta dupla, há novidades em breve! Vejam o perfil da Izabel de Paula!

E vocês, o que acharam deste post? Comentem aí em baixo!

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes! 🙂

Gala de Elegância 2017

Todas as pessoas que me conhecem minimamente sabem que tenho, desde pequeno, uma grande paixão pela comunicação. Apesar de considerar várias profissões bastante interessantes, a única que me faria sentir totalmente realizado seria ser apresentador de televisão. Estar em frente das câmaras é, mais do que uma paixão, quase uma necessidade para mim. E sim, admito que preciso constantemente disso para sentir-me feliz.

E foi pelo meu gosto pela comunicação que não poderia deixar de aceitar o convite para apresentar a Gala de Elegância do Miss Portuguesa Madeira, que se realizou na emblemática Casa de Chá do Faial, um espaço maravilhoso, uma casa Centenária que esteve completamente à altura do evento.

Mais uma vez, as candidatas ao título desfilaram e tentaram convencer o júri de que deveriam ser as mesmas a ganhar o título Miss Elegância. Título este que será anunciado na gala final do concurso.

Foi um prazer enorme apresentar cada uma destas candidatas. Felizmente, não possuo a tarefa difícil do júri de decidir quem ganhará este título, visto que todas estiveram muito bem e capazes de carregar o título Miss Elegância.

Aqui estão algumas fotos do dia da gala para que possam ver o meu outfit, e com algumas das candidatas ao título:

Ed 1Ed 2Ed 3Ed 5

Ed 4
Catarina Sousa- Dama do Club Sport Marítimo

Ed 5

Ed 1
Rosa Santos- Dama My Klaquete Madeira
Ed 2
Fátima Brito- Dama do Porto Moniz
Ed 3
Mariana Gonçalves- Dama Maddfitness
Ed 4
Marlene Romero- Dama do Funchal

E vocês, o que acharam deste outfit? Comentem aí bem baixo! 🙂

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes!