Primeiro aniversário- Metropolitan Boy

Boas pessoal!!

Hoje é um dia muito especial, o dia em que o ‘Metropolitan Boy’ comemora o seu primeiro ano de vida. Foi neste dia que decidi lançar oficialmente o Blog, apesar de já estar a pensar neste projeto há muito tempo, e ter começado a trabalhar seriamente nele umas semanas antes.

Este espaço é algo pelo qual sinto cada vez mais uma enorme paixão. O espaço onde posso mostrar quem realmente sou, mostrar-vos as minhas opiniões e a forma como vejo o mundo. E o facto de ter cada vez mais leitores é algo que me deixa muito orgulhoso, tanto de mim próprio como de todos vocês. E só vos posso agradecer por continuarem a ajudar a alimentar este projeto.

Desde que o iniciei oficialmente, não houve um único dia em que me tivesse arrependido de o ter criado. E confesso que tenho pena de nem sempre ter tempo para publicar com a regularidade que gostava, mas continuarei a fazer um esforço para publicar sempre que possível, isso posso prometer.

Agradeço também por todos os comentários, visualizações e mensagens privadas. Todas estas pequenas coisas têm um grande significado para mim. Sempre tentei por muito de mim em tudo o que escrevia. Posso não ser tudo o que está no Blog, mas tudo o que lá está é um pouco de mim.

Para iniciar o segundo ano de vida, decidi criar uma nova secção, a “Crónica Social”. Aqui, vou partilhar convosco a minha opinião sobre vários temas, pegando em assuntos da vida social, e mostrando-vos um pouco do que tenho feito também enquanto cronista social nos últimos meses. Para esta rubrica, terei também convidados para dar um ponto de vista diferente do meu, enriquecendo ainda mais o blog!

Obrigado por continuarem comigo!

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes 🙂

Luís Duarte Sousa

“The End of the F***ing World”- Opinião

Boas pessoal!

Não sou um crítico, nunca fui e nem pretendo ser. Por isso, quero que tenham em conta que esta é apenas a opinião de um simples blogger.

Hoje vou falar-vos acerca de uma série da Netflix que me chamou bastante a atenção desde o momento em que vi a mesma ser publicitada: “The End of the F***ing World”.

Os anúncios acerca da mesma atrairam-me desde o início, pois tem a ver com um jovem aparentemente psicopata que planeia assassinar uma rapariga, após ter assassinado vários animais.

Então, decidi começar a ver esta série numa noite e, ao perceber que os episódios eram bastante curtos, acabei por ver todos os episódios de seguida. Este é um dos pontos positivos que tenho a apontar em relação à série: o tempo de cada episódio. Estes têm em média vinte minutos cada o que faz com que a série não seja aborrecida, visto que a mesma, a nível de história, não é muito enriquecedora. Além disso, acho que os atores principais foram muito bem escolhidos para o papel.

Apesar de ser considerada uma série da categoria “Terror, Horror e Suspanse”, considero que tem muito pouco de horror e muito menos de suspanse. As série peca bastante pelo fator previsibilidade, pois a surpresa é quase inexistente. Estava a ver a série e tinha a sensação de que sabia o que aconteceria a seguir, e isto vinha a verificar-se.

No meu ponto de vista, é muito direcionada para adolescentes, visto que o comportamento das personagens é tipicamente irresponsável, pois notava-se perfeitamente que os mesmos apenas agiam, na maior parte das vezes, por divertimento e não tinham um grande propósito. Cada um deles tinha uma história de vida marcante, mas notava-se a falta de profundidade dos personagens. Provavelmente se tivesse visto esta série entre os treze e os dezasseis anos sensivelmente, teria “vibrado” imenso com esta, mas neste momento, fiquei um pouco desiludido com a série.

Não vos vou dizer se devem ou não ver a série, pois não me arrependo de tê-la visto. Se, tal como eu, ficaram com curiosidade, conselho-vos a verem pelo menos os primeiros dois episódios e, se gostarem, continuem. Se não gostarem, pelo menos ficaram com uma perspetiva vossa.

PS: Nenhuma destas imagens é da minha autoria.

tmp_7L98pe_79c3a5828418a42c_1389398-715980-zoomedThe-End-of-the-F-ing-World-Jessica-Barden-Alex-Lawther-Alyssa-JamesMV5BMzhhMTczMDQtNWE0Yy00OTJiLTlmYjgtNWU1MmVkYTVlYWVhXkEyXkFqcGdeQXVyNjEwNTM2Mzc@._V1_SY1000_CR0,0,675,1000_AL_

E tu, já viste esta série? Comenta aí em baixo o que achaste!

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes 😊

Bem-vindos!

     Olá a todos e sejam muito bem-vindos ao meu blog pessoal, “metropolitan boy”!

    A ideia de criar um espaço virtual onde pudesse partilhar mais sobre mim já tinha surgido há algum tempo, mas a motivação, a força de vontade e o entusiasmo para o fazer foram crescendo a cada dia que passava, até decidir que precisava definitivamente de criá-lo. Aqui, vou escrever sobre tudo um pouco, passando pela moda, viagens, lifestyle, fotografia, TV, ou seja, sobre as minhas maiores paixões! Espero conseguir estar próximo de todos vocês, e por isso sintam-se à vontade para comentar as minhas publicações e darem sugestões, mesmo que por mensagem privada.

     Neste espaço terão acesso a um pouco do meu dia-a-dia e, para isso, além de publicar várias fotos, farei também pequenos vídeos, para que consiga retratar o mundo tal como o vejo!

     Por isso, sejam livres para dizer o que acharem, tal como eu serei livre neste espaço para falar sobre o que mais gosto!

Tudo a correr bem por esse lado. E sejam felizes!