“Hoje é amanhã?”

“Hoje é amanhã?” Lembras-te desta pergunta?

“Não filho, hoje é um dia e amanhã é outro!” Respondi, sem refletir sobre o significado da mesma.

Quando a pergunta se repetiu no dia seguinte, devido a uma promessa de irmos ao Funchal comprar um livro, é que eu compreendi a tua questão.

Depois do “confinamento social” repentino e inesperado marcar o nosso modo do viver quotidiano, respondi: “Não filho, hoje não é amanhã”.

Não é aquele amanhã que íamos sair para comprar um livro, para fazermos o “passeio das amoras” com os tios e primos, para irmos à praia ou ao aquaparque, para irmos ao cinema ou para colorirmos o nosso amanhã com outra atividade que gostávamos.

Quando digo colorir é a pensar noutra pergunta que me fizeste: “Porque é que o arco-íris tem aquelas cores?” Comecei por explicar que era devido à decomposição da luz branca, mas fui bombardeada com tantas outras que desisti. Resposta mais fácil: “é para a vida não ser a preto e branco”. Ainda consigo ouvir a tua gargalhada à resposta inesperada.

Continua sempre a pintar os teus dias das cores do arco-iris.

Um dia o amanhã, será amanhã. “Até um amanhã”.

Amo-te muito querido filho!

Alexandra Santos

One thought on ““Hoje é amanhã?”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s