Admiração: o sentimento mais bonito?

“Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és”, já diziam os nossos antepassados. E eu não podia concordar mais. Sempre considerei que as pessoas com quem escolhemos ou não aproximarmo-nos dizem muito sobre nós.

Há uma teoria que diz que somos uma mistura das cinco pessoas mais próximas de nós. Esta teoria fez-me refletir acerca daquilo que sinto por todas elas em comum: admiração. Este sentimento é, para mim, o mais bonito que se pode ter por alguém. Por questões diferentes, admiro as várias pessoas do meu círculo mais próximo, e sei que todas elas também admiram algo em mim.

Com isto não pretendo desvalorizar outros sentimentos que prezo muito, tal como o respeito e o amor. Contudo, acho que o respeito devia ser universal por qualquer pessoa, visto que temos esse dever. E o amor, além de ser extremamente sobrevalorizado na nossa sociedade, não é suficientemente imparcial, fazendo-nos ver coisas onde não existem.

Não podemos amar alguém sem admirarmos, mas podemos admirar sem amar. Afinal, quantos de nós até tem admiração por determinadas caraterísticas mesmo de pessoas que não gostamos?

Ed8Ed1Ed4Ed6Ed2Ed11Ed10Ed7

E vocês, o que acharam em relação a este post? Comentem em baixo!

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s