Viagem a Barcelona

Nunca tive um grande fascínio por Barcelona. No geral, Espanha não é um país que tenha assim tanta vontade de explorar, em comparação com outros países que gostava muito de conhecer. Mas já ouvi várias opiniões de pessoas próximas que adoraram a cidade e que me aconselharam a visitar, nem que fosse para mudar a opinião que tinha acerca da mesma.

Assim fiz, e não me arrependo, de todo, de o ter feito. Continuo a não estar fascinado por Barcelona, nem é uma cidade em que me imagine a viver, como Paris, mas é de facto uma cidade muito bonita e agradável.

Apesar do ambiente típico de cidade, verificam-se muitos contrastes, pois o facto de ter várias praias e zonas verdes por toda a cidade, tornam o ambiente acolhedor. O acesso a cidade e ambientes verdes em simultâneo fazem com que seja excelente para quem gosta de um ambiente mais calmo, mas ainda assim tem um tipo de emprego mais citadino.

Uma coisa agradável é a quantidade de crianças que vemos a brincar na rua, principalmente ao final da tarde, o que nos dá a sensação de segurança, e faz com que seja uma cidade jovem, alegre e divertida.

Cheguei até a dar um mergulho num dos dias, pois lá estive numa altura de muito calor, em que apanhámos cerca de 30º durante o dia, e a temperatura da água é muito agradável, dado que as praias dão para o Mar Mediterrâneo, e se fugirem às praias mais turísticas, conseguem ter um dia de praia sossegado e agradável.

É notável a organização da cidade, principalmente para as pessoas com um bom sentido de orientação (o que não é o meu caso). As ruas são todas paralelas e perpendiculares e muito parecidas umas com as outras e são raros os prédios altos, e por isso o planeamento da cidade é visível.

Ao passear pela cidade nota-se muito o orgulho catalão. Sempre que ouvíamos uma informação, em transportes públicos por exemplo, era sempre dita primeiro em catalão, depois em espanhol, e só então em Inglês. O único vestígio da instabilidade política que muito se tem falado nos últimos tempos eram os vários cartazes por toda a cidade reivindicando a libertação de presos políticos e a separação da Catalunha.

Quase ninguém nesta cidade fala inglês, mesmo que falemos em inglês em supermercados ou restaurantes, costumam responder em espanhol com a mesma fluência que falam uns com os outros. No meu caso não me fazia impressão, pois consigo compreender bem espanhol, apesar de não ser fluente, mas se não percebesse a língua seria difícil de comunicar.

Barcelona é, no geral, uma cidade cara, o que é um aspeto menos positivo. Todas as entradas são pagas, a comida não é propriamente barata, mesmo no supermercado, e até o Mc Dondald é muito mais caro do que em Portugal.

Deixo-vos algumas das fotografias desta cidade, todas elas tiradas pelo Diogo Graça. Espero que gostem:

Ed14Ed13Ed7Ed4Ed3Ed2Ed12Ed6Ed1Ed15Ed10Ed9Ed5Ed11

Tudo a correr bem por esse lado, e sejam felizes!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s